FEMAGRI 2020

20.02.2020 Autor: Carol Mendes Fonte: Guy Carvalho
A 19ª edição teve como tema "Cooperativismo trazendo tecnologia, gestão e confiança à cafeicultura"

Entre os dias 12 e 14 de fevereiro, em Guaxupé/MG, aconteceu a 19ª edição da FEMAGRI (Feira de Máquinas, Implementos e Insumos Agrícolas), que teve como tema "Cooperativismo trazendo tecnologia, gestão e confiança à cafeicultura".  A proposta de 2020 foi auxiliar os produtores no processo de aprimoramento da gestão e do manejo de suas propriedades, com foco em gerar valor ao café produzido. 

Durante a feira, mais de 120 expositores, especialmente os de máquinas e implementos agrícolas, puderam mostrar suas ofertas a quem realmente necessita de facilidades para tornar sua atividade mais rentável. Durante os dias do evento, Guy Carvalho esteve presente e visitou estandes de diversos parceiros. 

No estande da PaliniAlves, o lançamento foi o controlador eletrônico de secagem intermitente com demonstração ao vivo em uma maquete. A tecnologia é responsável por programar o “time” da intermitência, o que gera uma economia de secagem na ordem de 20% do tempo comparado ao que se gastaria tradicionalmente e ainda há uma redução de energia de 89% no motor que faz o tambor girar, o que torna o processo viável economicamente. Também apresentou, na linha de implementos, as podadeiras lateral e de topo e o amontoador hidráulico, e na parte de maquinários o foco foi na linha de secagem, com apresentação de uma caldeira e diversos secadores. 

Visita ao estande da PaliniAlves

A novidade do estande da CPMult, antiga Multfertilizantes, foi o lançamento do organomineral granulado para outras culturas, como cereais, cana-de-açúcar, pastagens, agricultura familiar e outras, e também mostraram o seu produto já conhecido na forma farelada para o café. 

Visita ao estande da CPMult

No estande da Makreis, a novidade foi o equipamento que realiza colheita em terraço, oferecendo agora um produto para esse tipo de produção. Além disso, o equipamento também realiza a colheita em locais planos e possui ajustes para uma colheita seletiva. 

Visita ao estande da Makreis

Durante o evento, Guy apresentou a palestra “Cultura de cobertura e Manejo do Mato”, que foi realizada no estande da Bayer, na qual abordou a importância da cultura de cobertura, especialmente a braquiária, suas características, benefícios e apresentou a tecnologia para o seu controle, o Alion, que permite ao produtor escolher o local onde não deseja sua presença, fazendo assim o manejo de acordo com a realidade da lavoura. Além disso, quem visitou o estande também pôde conferir outros produtos lançados recentemente de interesse do cafeicultor, como o Sivanto para controle do bicho-mineiro, o Bayfolan cobre para controle da ferrugem, o Verango para controle de nematoides, entre outros. 

Guy também participou da entrevista coletiva de imprensa com os principais organizadores do evento e questionou Carlos Augusto, presidente da Cooxupé, sobre o impacto da feira para a cafeicultura familiar e a importância de se oferecer tecnologia de ponta para os pequenos, médios e grandes cafeicultores. Carlos Augusto explicou que as tecnologias em mecanização apresentadas na feira são das mais inovadores possíveis e, além disso, há outros campos, como gestão e confiabilidade no setor, o que beneficia muito os agricultores familiares. Guy também conversou com Osvaldo Bachião, vice-presidente da Cooxupé, que falou sobre a ferramenta da fixação do preço do café e mostrou as vantagens de ser um cooperado, uma vez que a cooperativa tem condições de indicar tecnologias que potencializam a produtividade e pode comercializar o café com preços rentáveis. 

Coletiva de imprensa

“Para quem participou da feira, sem dúvidas, foi uma grande oportunidade de levar mais eficiência e produtividade para a lavoura com os lançamentos e novidades, além de poder entender melhor como realizar a gestão e conseguir mais economia nos custos.  A Cooxupé disponibilizou condições especiais, parcelamentos anuais e trocas dos produtos da feira por sacas de café, o que ajuda e estimula os cafeicultores. Em especial, os equipamentos para granelização tinham condições de parcelamento em 5 anos e eu aproveitei para comprar uma carregadeira para o sítio de Guaranésia. Foram dias intensos de muito aprendizado e inovação. Parabéns aos organizadores do evento. Que orgulho de ser cooperado!”, disse Guy. 

Veja mais fotos do evento na galeria.