Variedade Arara

16.03.2020 Autor: Carol Silvério e Guy Carvalho Fonte: Guy Carvalho
Conheça melhor essa variedade, que vem se destacando tanto na produção quanto na qualidade

A cultivar arara é uma hibridação natural entre Obatã, um híbrido de Sarchimor com Catuaí, e Catuaí Amarelo, tendo sido selecionada no Paraná pelo Engenheiro Agrônomo Francisco Barbosa Lima, em 1988. Ao adquirir sementes de Obatã Vermelho do IAC para uma produção de campo de semente, identificou duas plantas amarelas no meio das demais com alto vigor, porte um pouco mais alto, peneira altíssima e que apresentavam resistência a ferrugem do cafeeiro.  Em seguida foram derivadas novas gerações e efetuadas seleções, chegando-se à essa variedade, que possui frutos amarelos, e, por isso, recebeu o nome de arara. “O Dr. Saulo Roque, do Pró Café de Varginha, acredita que, pelas características da variedade, a hibridação pode ter sido com o Icatu Amarelo e não com o Catuaí. As primeiras mudas que plantei foi no ano de 2008, quando Dr. Saulo disponibilizou as primeiras sementes dessa variedade” - Guy Carvalho. 

Suas principais características incluem: são plantas de porte baixo, um pouco maiores que Catuaí, possuem excelente vigor, alta produtividade com percentagens de sementes tipo moca em níveis baixíssimos (1%) e cerca de 70% de peneira 17 acima, além de alta qualidade de bebida. Quanto a resistência de doenças se destaca pela imunidade à ferrugem, além de ter boa tolerância a phoma e mancha aureolada. Por esse motivo, a variedade precisa de menos aplicações de defensivos e pode ser recomendada para áreas mais expostas ao vento, como topo de morros. Uma característica importante que deve ser observada é que a maturação dos frutos é tardia, o que limita plantio em faces menos solares, porém é ótima opção para ampliar a janela de colheita. Apresenta também tolerância à altas temperaturas e ao estresse hídrico, e vem se colocando entre as mais recomendadas e plantadas nos últimos anos em diversas regiões. Agora, sua indicação é reforçada pela característica de boa qualidade do café por ela produzido, atingindo altas pontuações em concursos, sendo considerada entre as melhores alternativas de indicação para novos plantios visando cafés especiais.

Dicas do Guy Carvalho: 

• A variedade é muito produtiva, o que implica em maior nível de adubação, pois demanda mais nutrientes quando comparada ao Catuaí;

• Outro ponto de atenção é na implantação da lavoura. Opte sempre por menor espaçamento entre as plantas, de 60 a 75 cm, pois, devido a sua característica de alta produtividade, espaçamentos mais largos podem levar a uma maior morte de plantas ao longo da vida útil;

• O cafeicultor que deseja experimentar novas variedades deve estar atento a fatores como nutrição e espaçamento de plantio, pois são fundamentais para o sucesso da lavoura. 

Galeria

Veja Também

Clientes